Publicidade

Posts com a Tag Fabián Monzón

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012 Seleção | 01:40

Convocação: Lamela retorna, Ricky não

Compartilhe: Twitter

Alejandro Sabella anunciou na noite desta terça-feira a convocação dos atletas que atuam no futebol europeu para o amistoso ante Suiça, dia 29 de fevereiro, em Berna. Dentre os selecionados, as surpresas foram: Hugo Camagnaro, do Nápoli, e Daniel Días, do Getafe. No entanto, o destaque midiático ficou por conta do retorno de Erik Lamela.

Em relação à última convocatória, as ausências foram: Burdisso e Pastore – lesionados; Demichelis, Banega, Lavezzi, Germán Denis, Gaitán e Guiñazu – por decisão técnica.

Lamento pela contusão de Burdisso e Pastore, pois ambos estariam na minha equipe. Banega talvez precise de uma geladeira, assim como Lavezzi (este um freezer). Quanto aos demais não vejo motivo para serem convocados, o mesmo digo do Garay (eu implico com ele). No geral, Pachorra manteve a base que já vem convocando e testará novos jogadores, o que considero válido. O retorno de Lamela era questão de tempo, trata-se de um jogador jovem e com qualidade. No mais, sentir falta de Ricky Álvarez.

Goleiro: Sergio Romero (Sampdoria-ITA)
Laterais: Pablo Zabaleta (Manchester City-ING), Fabián Monzón (Nice-FRA) e Marcos Rojo (Spartak Moscou-RUS);
Zagueiros: Daniel Díaz (Getafe-ESP), Hugo Campagnaro (Napoli-ITA), Federico Fernández (Napoli-ITA) e Ezequiel Garay (Benfica-POR)
Meio-campistas: Javier Mascherano (Barcelona-ESP), Fernando Gago (Roma-ITA), Maxi Rodríguez (Liverpool-ING), José Sosa (Metalist-UCR), Ángel Di María (Real Madrid-ESP) e Erik Lamela (Roma-ITA);
Atacantes: Lionel Messi (Barcelona-ESP), Rodrigo Palacio (Genoa-ITA), Sergio Aguero (Manchester City-ING) e Gonzalo Higuaín (Real Madrid-ESP)

E você, leitor, o que achou da convocação de Sabella? Comente!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Boca Juniors, Copa Libertadores da América, Seleção | 01:23

Numa partida “aburrida”, Boca não sai do zero

Compartilhe: Twitter

Boca Juniors estreou mal. Tanto pelo resultado – empate em zero a zero com o fraco Zamora, da Venezuela – quanto pelo futebol (não) apresentado. Como tentei alertar no texto anterior, esta equipe está longe de ser àquela vitoriosa de outrora, mas ainda assim é um bom conjunto, apesar da partida de hoje mostrar o contrário.

Talvez a necessidade fosse o brilho de uma estrela sequer, esta faltou. Román Riquelme esteve apagado durante toda a partida. Santiago El Tanque Silva desperdiçou talvez a chance mais clara do jogo, ao cabecear na trave, aos 44 minutos do segundo tempo. Cvitanich, Erviti… nada. Enfim, este time carece de individualismo.

As alterações de Julio César Falcione não surtiram o efeito desejado e como diriam os argentinos, esta foi uma partida “aburrida”. No entanto, os venezuelanos tiveram o mérito de anular as jogadas xeneizes e ainda levaram perigo numa cobrança de falta.

Contudo, só resta aos boquenses pegarem mais sete horas de viagem com a cabeça inchada e no dia 7 de março encarar o Fluminense, em La Bombonera. Confira abaixo “os melhores” momentos da partida.

O que você, leitor, achou da partida? Opine!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 31 de maio de 2011 Copa América, Seleção | 20:20

A lista preliminar e algumas observações

Compartilhe: Twitter

(Sem legenda)

O, até então, renegado Carlos Tévez era a incógnita que temperava a lista (preliminar) para Copa América 2011, que será disputada no país, entre os dias 1º a 24 de julho. E com o já habitual atraso, Sergio Batista, selecionador da Argentina, divulgou-a com 26 convocados, entre eles, o nome do Apache. Entretanto, destes nomes, quatro serão cortados até 27 de junho, data limite para inscrição.

Para surpresa, deste que vos escreve, o nome do lateral-direito do Racing Iván Pillud e do defensor do Porto Nicolás Otamendi não constam na lista. Visto que ambos foram bem quando solicitados. Já as presenças de Fabián Monzón, lateral-esquerdo/volante do Boca Juniors, Diego Valeri, meia do Lanús, Enzo Pérez, meia do Estudiantes, e o arqueiro do River Plate Juan Pablo Carrizo – apesar da atual má fase -, foram pontos, ao meu ver, positivos. Renovação e espaço a jogadores do futebol local. Destes três, o que possui mais chances de conseguir uma vaga de titular é Monzón, caso esteja na lista definitiva, pois a vaga na lateral-esquerda ainda está aberta e Rojo, que é o outro candidato volta de contusão. Acredito que Pérez e Valeri disputam uma vaga nesta lista definitiva. O outro poderá ser Biglia, caso não esteja totalmente recuperado de lesão. Um fato histórico que merece destaque: a volta de laterais de ofício.

Já as presenças dos atacantes Sergio Agüero, do Atlético de Madrid, e Carlitos Tévez, do Manchester City, na minha concepção, não passa de “politicagem” do selecionador. Concordo com a presença de ambos, mas Checho Batista fazia questão de reiterar sempre, que questionado, que não contava com eles para o torneio e, após pressão popular, interna e midiática, cedeu. Sobretudo, em relação a Carlitos. Já o goleiro Mariano Andújar foi chamado para vaga de Oscar Ustari, após nova lesão hoje pela manhã. Andújar e Carrizo disputam a vaga de reserva imediato de Romero.

No mais, nada diferente do habitual. Destes nomes que serão cortados, provavelmente, serão de um defensor, dois meias e um atacante – este poderá ser Diego Milito, caso não demonstre está 100% recuperado da lesão. Os trabalhos serão iniciados a partir de 8 de junho, em Ezeiza.

Confira a lista preliminar:

Goleiros – Sergio Romero (AZ Alkmaar-HOL), Mariano Andújar (Catania-ITA) e Juan Pablo Carrizo (River Plate-ARG).

Defensores – Javier Zanetti (Internazionale-ITA), Gabriel Milito (Barcelona-ESP), Pablo Zabaleta (Manchester City-ING), Nicolás Burdisso (Roma-ITA), Fabián Monzón (Boca Juniors-ARG), Nicolás Pareja (Spartak de Moscou-RUS), Marcos Rojo (Spartak de Moscou-RUS) e Ezequiel Garay (Benfica-POR).

Meiocampistas – Esteban Cambiasso (Internazionale-ITA), Javier Mascherano (Barcelona-ESP), Enzo Pérez (Estudiantes-ARG), Diego Valeri (Lanús-ARG), Éver Banega (Valencia-ESP), Fernando Gago (Real Madrid-ESP), Lucas Biglia (Anderlecht-BEL) e Javier Pastore (Palermo-ITA).

Atacantes – Lionel Messi (Barcelona-ESP), Ezequiel Lavezzi (Napoli-ITA), Carlos Tévez (Manchester City-ING), Gonzalo Higuaín (Real Madrid-ESP), Ángel Di María (Real Madrid-ESP), Sergio Agüero (Atlético de Madrid-ESP) e Diego Milito (Internazionale-ITA).
__

Dos nomes que constam na pré-lista de convocados a Copa América, apenas Mario Bolatti, Pablo Zabaleta e Ezequiel Garay vão encarar a Nigéria, amanhã, às 15h (horário de Brasília).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 25 de maio de 2011 Seleção | 19:15

Valeu pela festa!

Compartilhe: Twitter

Num amistoso que mais serviu pelos festejos da inauguração do Estádio Centenario, em Chaco, do que para avaliar atletas, Argentina derrotou o Paraguai, por 4 a 2, e finalizou a série de três amistosos com futebolistas que atuam no país. Gabriel Hauche, converteu um doblete, Fede Fernández e Enzo Pérez marcaram para seleção local; Zeballos e Marecos descontaram.

Jogadores festejando o segundo gol, de Fede Fernández.

Não tardou para a Albiceleste tomar as iniciativas do encontro, logo aos oito minutos, Fabian Monzón fez boa jogada e ao cortar o defensor guarani rebateu a bola para o centro da área, Hauche aproveitou e abriu o marcador. Mas seis minutos depois, a zaga mostrou a fragilidade que lhe tem sido habitual. Todos ficaram observando, enquanto, Pablo Zeballos carregou a bola e bateu no canto direito do mal posicionado Carrizo.

Aos 36, Fede Fernández ampliou, de cabeça, aproveitando uma cobrança de falta de Diego Valeri. E oito minutos depois, Pillud recebeu pela direita do ataque, fez bela jogada e assistiu Hauche. Gol made in Racing.

No segundo tempo, o Paraguai com o placar adverso buscou mais o gol até que aos 11 minutos, Elvis Marecos, de cabeça, após um cruzamento, descontou. Carrizo fez golpe de vista e a zaga, novamente, marcou errado. Então, o time da casa acordou e foi para cima, Erik Lamela, em sua primeira participação incisiva, chutou e Silva espalmou no travessão. Aos 28, Pérez aproveitou o rebote e ampliou. Contudo, a Celeste y Blanco continuou atacando e, assim, deixaram alguns espaços. Foi então que o goleiro Millionário pôde mostrar serviço em ao menos duas oportunidades salvou a equipe. No final, o amistoso entre Argentina B e Paraguai B valeu pelos festejos.

Gols da partida:

Nos dois gols guaranís, Carrizo teve parcela de culpa – no primeiro estava mal posicionado, no segundo, fez golpe de vista -, mas em ao menos dois lances salvou o time. Em todos os lances, a defesa mostrou-se frágil. Entretanto, arrisco-me a dizer que apenas o goleiro Carrizo – arriscado pela péssima fase –, o lateral-direito Iván Pillud – que foi absoluto em todos os testes que foi submetido, inclusive com belas jogadas – e talvez o meia Diego Valeri e o lateral-esquerdo Fabián Monzón poderiam disputar outra vaga na lista de (pré-)convocados a Copa América.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,