Publicidade

Posts com a Tag Boca Juniors

quinta-feira, 18 de agosto de 2011 Apertura | 00:52

Apertura, fecha 2: Resultados

Compartilhe: Twitter

O colombiano Teo Gutiérrez foi o homem da vitória da Academia: marcou dois gols e perdeu um pênalti.

A segunda rodada mostrou-se bem mais interessante do que foi a fecha inicial. Não necessariamente pelo futebol vistoso, mas pelos gols, emoções e projeções que começam a surgir. Em termos de gols, não se pode reclamar, esta rodada teve média de 2,6 gols por jogo, apesar dos três empates magros. Boca Juniors, Racing e Vélez Sarsfield voltaram a jogar bem.

O Vélez Sarsfield foi superior ao Banfield durante toda a partida. Mas foi na segunda etapa que mostrou o futebol que o tornou campeão no último Clausura. O placar de 3 a 0 foi um detalhe diante do futebol apresentado pelo Fortín, que foi aplaudido de pé por sua torcida.

Finalmente, Omar Asad pôde comemorar uma vitória pelo San Lorenzo, após cinco partidas. O Ciclón que atravessa uma fase tortuosa almeja, como sempre, o título e, nestas duas partidas do Apertura, apresentou um futebol razoável para tal objetivo. Mas a vitoria de 2 a 0, ante Estudiantes foi importantíssima para as pretensões da equipe.

A volta a La Bombonera foi em grande estilo. Quando o primeiro gol chegou antes de completar um minuto de jogo, a ideia de goleada permeava a cabeça de todos os Xeneizes. A equipe jogou bem, porém não conseguiu ampliar. Na volta do intervalo, o ímpeto diminuiu, mas quando ele voltou a equipe foi incisiva, pior para o Unión, que perdeu por 4 a 0. Ah, os Boquenses não deixaram de “homenagear” o River Plate.

Minutos antes dos Millionários estrearem na B Nacional, o atacante Mariano Pavone, que jogara na equipe na última temporada, voltava a balançar as redes. O atacante marcou o gol da vitória do Lanús contra o Independiente. Em apenas duas rodadas, a equipe Granate é a única que tem 100% de aproveitamento.

Em Santa Fé, Mauro Matos, do All Boys, esteve “inspirado”. Marcou duas vezes no empate em 1 a 1, do Albo, ante Colón. Após abri o marcador cabeceando contra sua própria meta, o atacante aproveitou o bate-rebate na área adversária e empatou a partida, encobrindo Diego Pozo.

No final da rodada, o Racing conseguiu uma bela vitória sobre o bom Godoy Cruz, que não esteve bem. A Academia, que almeja o título, apresentou um futebol claro e objetivo, venceu por 3 a 0, e se deu ao luxo de desperdiçar um pênalti. No entanto, faz-se necessário esperar algumas rodadas para saber se este é o Racing vencedor de outrora ou o irregular dos últimos tempos.

Resultados da rodada:

Atlético Rafaela 1 x 3 Arsenal
Vélez Sarsfield
3 x 0 Banfield
Estudiantes 0 x 2 San Lorenzo
Boca Juniors
4 x 0 Unión
San Martín SJ 2 x 1 Tigre
Lanús 1 x 0 Independiente
Argentinos Juniors 1 x 1 Newell’s Old Boys
Colón 1 x 1 All Boys
Belgrano 1 x 1 Olimpo
Racing 3 x 0 Godoy Cruz

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 15 de agosto de 2011 Apertura | 08:00

Apertura, fecha 2

Compartilhe: Twitter

A segunda rodada do Apertura, começa nesta segunda-feira à tarde com a expectativa de um panorama diferente do que a fraca fecha inicial. Vide que nesta rodada alguns jogadores estrearão, as equipes tiveram mais tempo de preparação e entrosamento e já não há o nervosismo habitual da estréia.

Dos confrontos desta rodada, destaco: Estudiantes e San Lorenzo, Lanús e Independiente e Racing e Godoy Cruz. Além de Boca Juniors e Unión, visto que o time xeneize debutará na Bombonera, e a partida possui uma carga histórica para Juan Román Riquelme, que estreou num confronto entre essas equipes, em 2006, com direito a grande atuação.

Ademais, não esquecer a estréia do River Plate na B Nacional, ante Chacarita Juniors, nesta terça-feira, no Monumental de Núñez. Caso desejem, este e os demais jogos podem ser acompanhados por aqui.

Segunda-feira (15)
15h Atlético Rafaela x Arsenal
17h05 Vélez Sarsfield x Banfield (Esporte Interativo)
19h10 Estudiantes x San Lorenzo (Esporte Interativo)
21h15 Boca Juniors x Unión (Esporte Interativo)

Terça-feira (16)
15h San Martín SJ x Tigre
17h05 Lanús x Independiente
21h15 Argentinos Juniors x Newell’s Old Boys

Quarta-feira (17)
17h05 Colón x All Boys
19h10 Belgrano x Olimpo
21h15 Racing x Godoy Cruz

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de agosto de 2011 Apertura | 16:39

Em ritmo de pré-temporada

Compartilhe: Twitter

Seis empates em nove partidas, três vitórias de visitantes, 14 gols e algo em comum na maioria dos jogos desta primeira rodada do Apertura: a falta de emoção. De fato, ainda é cedo, as equipes estão se organizando, alguns atletas ainda não estrearam e o ritmo de pré-temporada ainda toma conta das canchas.

Dentre as equipes recém ascendidas, destaque para o Atlético Rafaela, que não se intimidou frente ao frágil Banfield e venceu por 2 a 0, com doblete de Darío Gandín. Ademais, Unión e Belgrano somaram um ponto cada, em meio a esta insólita sequência de empates “aburridos”, só para usar uma expressão bem portenha. San Martín de San Juan ainda falta estrear.

Quanto aos “grandes”, talvez a maior decepção tenha sido a derrota do San Lorenzo – não merecida, diga-se de passagem – para o Lanús, por 1 a 0. No mais, Boca Juniors, Racing, Vélez Sarsfield e Estudiantes empataram sem brilho e nem ilusão de bom futebol.

Resultados da rodada:

Banfield 0 x 2 Atlético Rafaela
Unión 1 x 1 Argentinos Juniors
All Boys 1 x 1 Belgrano
Arsenal 1 x 2 Colón
Godoy Cruz 1 x 1 Vélez Sarsfield
Newell’s Old Boys 0 x 0 Estudiantes
San Lorenzo 0 x 1 Lanús
Olimpo 0 x 0 Boca Juniors
Tigre 1 x 1 Racing  
Independiente x San Martín San Juan (Partida será disputada próxima quarta-feira)

Gols da rodada:

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 5 de agosto de 2011 Apertura | 08:00

Apertura, fecha 1

Compartilhe: Twitter

Finalmente, o Apertura está de volta. Sem Martín Palermo e River Plate, mas não sem emoção, vide a situação de Boca Juniors, Racing e San Lorenzo, que já começam temerosos com o descenso. E como a virada de mesa ainda não foi decretada, os, ditos, grandes terão de se cuidar para não seguir o caminho dos Millionários. O que, convenhamos, é difícil.

Mas estes mesmos times que passeiam sob a sombra do rebaixamento foram as equipes que mais investiram em contratações, o que não garante o sucesso, mas quiçá dar uma sobrevida. Em contrapartida, as equipes que terminaram nas melhores posições seguem como favoritas ao título, apesar da ausência de alguns nomes, sobraram-lhes organização.

E como ontem foi o último dia de inscrições de atletas para a disputa do torneio, algumas surpresas fizeram-se presentes, como Gabriel Milito, que retorna após oito anos ao Independiente; Mariano Pavone no Lanús; E ainda Fernando Gago, que ainda não fechou com o Boca Juniors, mas já teve o nome inscrito.

No mais, aguardem e apreciem. Caso queiram, segue um link (para estes e outros jogos).

 Sexta-feira (05)
19h10 Banfield x Atlético Rafaela
21h15 Unión x Argentinos Juniors

 Sábado (06)
17h05 All Boys x Belgrano
19h10 Arsenal x Colón
21h15 Godoy Cruz x Vélez Sarsfield

 Domingo (07)
14h Newell’s Old Boys x Estudiantes (Esporte Interativo)
16h05 San Lorenzo x Lanús
18h10 Olimpo x Boca Juniors (Esporte Interativo)
20h15 Tigre x Racing
Independiente x San Martín SJ *Suspenso

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 1 de agosto de 2011 Boca Juniors | 16:51

Saldo negativo

Compartilhe: Twitter

Pré-temporada no Brasil, tour pela Europa, aquisição de um atacante, dois zagueiros e dois goleiros e diversas incertezas rodam a equipe do Boca Juniors. De fato, é precoce avaliar a equipe que encontra-se em preparação, mas o Apertura, apesar de desvalorizado, se avizinha e o panorama é bem desagradável aos olhos dos xeneizes.

Foto de apresentação do novo padrão, em Londres.

Os resultados foram desastrosos. Um empate em 2 a 2, ante Arsenal, e uma derrota de 3 a 0, ante Paris Saint Germain, ambos em Londres; E uma derrota por 3 a 1, ante Espanyol, em Barcelona, podem ser visto como normais. E são. Apostar na camisa não tem dado certo para muitas equipes, vide Brasil e Argentina. Mas outros problemas se fizeram presentes.   

Além de não apresentar um futebol minimamente agradável a equipe colecionou lesões: Gracián, com luxação no cotovelo esquerdo, Chávez, com lesão no joelho direito, e Sosa, com distensão. Logo, três baixas para a estréia, no domingo, ante Olimpo, em Bahía Blanca.

Por sua vez, Orión que chegou para ser “o homem de confiança” no gol boquense mostrou debilidade em algumas ocasiões que levaram a diretoria a fechar com outro goleiro: Sebastian Sosa, ex-Peñarol. Talvez precitados, mas que logo deu a entender a falta de paciência ou desconfiança. Vide a aposta que foi feita no ex-Pincha.

A nova camisa: parece mais do mesmo, e é, mas essa manga...

Ademais, o sistema defensivo segue o mesmo: dando sustos. Nem a chegada de Schiavi amenizou os problemas com bolas paradas. Nada que treinamentos não solucionem, mas por ora nada mudou. Quanto a Roncaglia, que retornou após empréstimo ao Estudiantes, nada fez quando solicitado. No entanto, culpar apenas os zagueiros seria leviano, os volantes pouco ou nada fizeram. E com ressalvas a Riquelme, que ainda precisa mostrar mais, o criação ficou aquém das expectativas.

Por fim, se vender o jovem atacante Sergio Araujo ao Barcelona era a meta econômica da viagem o objetivo foi fracassado. Com culpas compartilhadas entre o jogador e o clube. O atleta teve pouca oportunidade de mostrar seu futebol e quando o teve não soube aproveitá-la, ou seja, nada que justificasse a equipe blaugrana investir a quantia que os xeneizes queriam, em torno de dez milhões de euros.

A equipe precisa se encontrar financeiramente e, sobretudo, futebolisticamente. Não havia a necessidade deste giro europeu para as debilidades do time vir à tona, mas já que assim o fez chegou a hora de apagar esta imagem. E apesar de tardiamente, não poderia deixar de comentar a nova camisa da equipe: estranha, para não dizer feia, assim como o seu futebol.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 30 de junho de 2011 B Nacional, Clausura, Promoción | 18:11

Chau Gimnasia, chau Schelotto

Compartilhe: Twitter

Despediu-se mais um ídolo: Schelotto.

Despediu-se sem as honras que lhe cabiam. Nem mesmo o objetivo pessoal foi alcançado. Mas ninguém dúvida do quanto ele foi guerreiro. Guillermo Barros Schelotto, 37 anos, voltou ao clube que o revelara com a única missão de ajudar a equipe a livrar-se do rebaixamento, jogou sem receber, por escolha própria, doou os últimos esforços – que ainda possuía – de uma carreira vencedora, mas não foi o suficiente.

O Gimnasia y Esgrima de La Plata, acostumado a livrar-se do descenso via Promoción, neste ano, não pôde contar com outro milagre e nem mesmo a transcendência do seu ídolo. Após perder o primeiro confronto por 1 a 0 (assista ao gol), para o San Martín de San Juan, os Lobos platenses empataram a segunda partida em 1 a 1, e despediram-se da Primera División. O retorno a B Nacional, depois de 27 anos, será sem o Mellizo.

Enfim, foi-se outro guerreiro, foi-se outro “grande”. Todavia, as quatro equipes que disputaram a B Nacional conseguiram o ascenso: Atlético Rafaela – que nos últimos dois anos, perderam para o Gimnasia na Promoción -, Unión, Belgrano e San Martín de San Juan.

Veja os gols da partida:

E os clássico?

Com o descenso do River Plate, Gimnasia y Esgrima e Huracán, alguns dérbis tradicionais do futebol argentino deixarão de serem disputados. Por exemplo, o Superclásico: River Plate x Boca Juniors; San Lorenzo x Huracán; Clásico platense: Gimnasia y Esgrima x Estudiantes. No entanto, restarão o Clásico de Avellaneda: Independiente x Racing; Clásico Santafesino: Colón x Unión; e Clásico del Sur: Lanús x Banfield.

Na última temporada, o descenso dos Canallas já deixaram os órfãos rosarinos sem o tradicional Clásico Rosarino: Newell’s Old Boys x Rosario Central. Na B Nacional, Chacarita Juniors x Atlanta.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 28 de junho de 2011 Balanço, Clausura | 08:00

Balanço: 4 revelações e 1 decepção

Compartilhe: Twitter

Uma das boas coisas deste Clausura foi observar o surgimento, ou afirmação, de alguns bons jogadores. Então, dando sequência ao breve balanço, o Toco y Me Voy selecionou cinco atletas: quatro revelações e uma decepção do torneio.

Aos 19 anos, Erik Lamela já tornou-se uma realidade.

Erik Lamela, meio campo do River Plate
No olho do furacão, o meia Erik Lamela é um dos poucos que se salvam na atual fase do River Plate, ao menos em qualidade. Aos 19 anos, com 1,80 cm e 70 kg, tornou-se um dos pilares Millionários, com sua agilidade, visão de jogo, qualidade de passe e arremates de média e longa distância, em outras palavras, é o alento criativo da equipe. O enganche disputou 18 partidas, marcou três gols e recebeu cinco amarelos (não levando em conta a Promoción), enfim, talvez a falta de experiência ainda pese muito. A sua permanência em Núñez pode está com os dias contados: Milan e Roma já demonstraram interesse.

Ricky Álvarez, meio campo do Vélez Sarsfield
Ainda adolescente passou pelo Club Parque – reconhecida escola de futebol infantil -, e, na sequência, pelas canteras do Boca Juniors, mas foi dispensado, ironicamente, por ser baixo e magro. Hoje, aos 23 anos, com 1,88 cm e 84kg, o canhoto Ricky tornou-se o 12º jogador do Fortín e cobiçado por diversos grande clubes europeus. Atua tanto como segundo atacante como enganche. Marcou três gols em 11 partidas incompletas, mas são nas assistências e qualidade dos arremates de média e longa distância que ele se diferencia dos demais, outro que tem os dias contados na Argentina.

Lisandro López, defensor do Arsenal
Homônimo do artilheiro do Lyon, da França, Lisandro López, 21 anos, possui uma função bem diferente: é zagueiro, mas também atua como lateral esquerdo e faz muito bem o papel de goleador quando preciso. Em 19 partidas pelo Arsenal, marcou seis gols e recebeu apenas dois cartões amarelos. Entretanto, López surgiu no Chacaritas Juniors, em 2009, e, desde então, mostra muita maturidade, apesar da pouca idade. Com 1,87 cm e 79 kg, possui algumas características como bom cabeceio, passe, marcação e apóia muito bem ao ataque.

Facundo Ferreyra, do Banfield, com a camisa da Albiceleste.

Facundo Ferreyra, atacante do Banfield
Das revelações, o jovem atacante Facundo Ferreyra é, certamente, o menos midiático, porém sua qualidade e oportunismo o credenciam a qualquer hall de bons jogadores jovens, inclusive para Argentina Sub 20, na qual é frequentemente requisitado. Chucky, como também é conhecido, possui 20 anos, 1,83 cm e 79 kg, sabe jogar como pivô, tem raciocínio rápido, faro de gol e finaliza muito bem com ambas as pernas. Neste Clausura, converteu seis gols em 16 partidas – entre titular e suplente. Além disso, suas apresentações pela Seleção expandiram seu mercado, sobretudo, na Espanha, onde Villarreal e Sevilla já demonstraram interesse.

Entretanto, dentre vários jogadores que decepcionaram neste Clausura, o blog selecionou o atleta que em sua negociação promoveu o maior alarde e não correspondeu as expectativas.

Walter Erviti, meio campo do Boca Juniors
De principal figura do Banfield a um jogador qualquer no Boca Juniors, com direito a novela patética na negociação. O meia Walter Erviti, 31 anos, chegou ao clube da Ribera com aval do técnico Julio Cesar Falcione, com o qual trabalhou na antiga equipe. Entretanto, o homem de confiança do treinador não fez jus nem ao investimento e nem a novela que promoveu. No Boca, marcou um gol, tornou-se o 12º jogador e em momento algum conseguiu reeditar o bom futebol apresentado no Taladro.

Faltou alguém na lista?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

domingo, 19 de junho de 2011 Clausura | 23:16

Fecha 19: Resumo

Compartilhe: Twitter

As emoções do descenso e Copa Sul-Americana ficaram todas para esta última rodada e todas simultaneamente e, no fim, sobrou para o River Plate disputar a Promoción, Quilmes foi rebaixado diretamente e Huracán e Gimnasia y Esgrima disputarão uma partida desempate. Arsenal e Argentinos Juniors classificaram-se para o torneio continental. A 19ª rodada teve média de 2,4 gols por partida.

Pela primeira vez na história, River Plate jogará a Promoción.

Dos que disputavam a vaga pela Promoción, Huracán era o único que dependia apenas de si, mas a equipe foi goleado pelo Independiente, por 5 a 1, no Estádio Libertadores de América, e empatou com os Lobos nos promédios. Logo, disputarão uma partida desempate: um descer direto e o outro joga a Promoción. A partida também representou a despedida de Andrés Silvera, dos Rojos, com direito a gol e ovação.

Luto: Palermo despediu-se do futebol.

Por sua vez, Gimnasia y Esgrima vencia o Boca Juniors, por 2 a 0, com gols de Graf e Schelotto – que fazia a despedida -, mas deixou os Xeneizes empatarem em cima da hora, com direito a assistência de Martín Palermo, em seu último toque na bola como profissional. Mellizo, que é ídolo Boquense, converteu assim seu quinto gol contra a equipe. Com a vitória, o Boca terminou o Clausura com dez partidas sem vencer – quatro vitórias e seis empates.

De todas as partidas que evitar o descenso era o objetivo, Olimpo e Quilmes era a única que ambos tinham um motivo para dar o sangue. Três zonas em jogo: descenso direto, Promoción ou manutenção. Melhor para os Aurinegros que venceram o Quilmes, com gol de Martín Rolle. O resultado livrou os bahíenses e rebaixou os Cerveceros.

O medo fez-se realidade: River Plate disputará a Promoción. No Monumental de Núñez, os Millionários perderam para o Lanús, por 2 a 1, e para suas próprias limitações e pela primeira vez na história disputará a repescagem. Jogadores e comissão técnica deixaram o campo protegidos pela polícia, pois os torcedores atiraram objetos em campo.

O Tigre entrou em campo dependendo apenas de si, para se manter na elite, e nem mesmo o placar adverso foi motivo de grande preocupação, pois River Plate e Olimpo seguia agônicos em suas partidas. Enfim, o empate com o Argentinos Juniors foi o suficiente para se livrar do descenso, no entanto, já começará o Apertura em situação preocupante. Enquanto isso, o Bicho conquistou a vaga para Copa Sul-Americana.

Em Mendoza, Godoy Cruz igualou sua melhor campanha: a terceira colocação, assim como no Clausura passado, ao vencer o All Boys, por 1 a 0. Assim, o Tomba que já tinha a vaga na Copa Sul-Americana assegurada, deixou de fora o Albo que necessitava de uma goleada e combinações de resultados para entrar na competição, após ter se livrado do descenso na última rodada.

Na última rodada o Arsenal se livrou do descenso, nesta se classificou a Copa Sul-Americana, ao vencer, em Sarandí, o Estudiantes, por 1 a 0, com gol de Mauro Obolo. Enquanto, o Viaducto conseguiu cumprir seus objetivos, o Pincha terminou um torneio deprimente, no qual começou como um dos postulantes ao título e finalizou negativamente, na 13ª colocação.

Após passar quase todo torneio na lanterna e jogando um futebol horrendo, o Newell’s Old Boys finalizou o certame com uma vitória que o tirou da última posição. O 1 a 0 sobre o Colón, em Rosário, com gol de Mauricio Sperdutti, deixou o Huracán na lanterna, mas não apaga uma das piores campanhas da equipe nos últimos anos. Entretanto, a time não inicia a próxima temporada com perigo de descenso.

Em partida foi movimentada, mas com pouco objetivos em campo, San Lorenzo empata no último minuto com o Banfield e somou sete partidas sem vencer no torneio – cinco empates e duas derrotas. O resultado deixou ambos pelo meio da tabela.

 

Comemoração do campeão.

Vélez Sarsfield foi campeão na última rodada, mas comemorou junto a sua torcida nesta. Entrou e saiu de campo em meio aos festejos. O Racing até supôs atrapalhar, ao abri o placar com Hauche, mas, como um bom refém de sua irregularidade, não demorou a apresentar os erros bem aproveitados pelo campeão. Zapata e Augusto Fernández fizeram os gols da virada. A derrota deixou a Academia fora da Copa Sul-Americana.

Resultados da rodada:

Independiente 5 x 1 Huracán
Gimnasia y Esgrima 2 x 2 Boca Juniors
Quilmes 0 x 1 Olimpo
River Plate 1 x 2 Lanús
Argentinos Juniors 1 x 1 Tigre
Godoy Cruz 1 x 0 All Boys
Arsenal 1 x 0 Estudiantes
Newell’s Old Boys 1 x 0 Colón
Banfield 1 x 1 San Lorenzo
Vélez Sarsfield 2 x 1 Racing

Veja os gols da rodada:

Copa Sul-Americana: Independiente (campeão da última edição), Vélez Sarsfield, Estudiantes, Godoy Cruz, Lanús, Arsenal e Argentinos Juniors classificaram-se para o torneio continental.

Artilheiros: Javier Cámpora (Huracán) e Teo Gutiérrez, com 11 gols; Denis Stracqualursi (Tigre), com 10; Esteban Fuertes (Colón) e Mauro Obolo (Arsenal), com 9. 

Desempate: Huracán e Gimnasia y Esgrima disputarão o desempate na quarta-feira (22), às 14h30, no Estádio La Bombonera.

Promoción: River Plate e Belgrano disputarão a primeira partida da Promoción, na quarta-feira (22), no Estádio Gigante de Alberdi, em Córdoba, às 21h, e no domingo (26), a partida de volta, no Estádio Monumental de Nuñez, com horário à confirmar.

Enquanto que, no domingo (26), San Martín de San Juan disputará a primeira partida da Promoción, ante o vencedor de Huracán e Gimnasia y Esgrima, no Estádio Ingeniero Hilario Sánchez, em San Juan, com horário à confirmar. A segunda partida será disputada na quinta-feira (30), com local e horário à confirmar.

Ascenso: Ao vencer o Ferro, por 1 a 0, o Unión de Santa Fé voltou a Primera División, após oito anos, junto ao Atlético Rafaela, que consagrou-se campeão da B Nacional e já havia sido promovido.

Classificação final do Clausura
Tabela de descenso

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Imagem, River Plate | 12:00

Homenagem Xeneize aos Millionários…

Compartilhe: Twitter

Assim que o River Plate teve sua ida à Promoción decretada, os torcedores Xeneizes criaram os tradicionais cartazes, ou afiches, para sartirizar o rival. Confira abaixo alguns:

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 18 de junho de 2011 Clausura | 10:00

Clausura, 19ª fecha

Compartilhe: Twitter

Ainda que o título do Clausura já tenha sido decidido, o torneio chega a última rodada com diversas indefinições e emoções. Vagas para Copa Sul-americana, Promoción, descenso direto e… despedidas.

Cinco partidas serão disputadas no mesmo horário neste sábado para evitar manipulação de resultados por parte de alguma equipe, que entrará em campo sabendo do resultado da outra. Visto que todas essas partidas possuem interesses em jogo. Independiente x Huracán (o Globo luta por uma vaga na Promoción e pode ser rebaixados direto); Gimnasia x Boca Juniors (o Lobo luta por uma vaga na Promoción e contra o rebaixamento direto), esta partida contará com a despedida de Palermo e Guillermo Barros Schelotto; Quilmes x Olimpo (os Cerveceros lutam por uma vaga na Promoción e contra o rebaixamento direito, já os Aurinegros lutam contra a Promoción); e Argentinos Juniors x Tigre (o Matador luta contra a Promoción).

Vélez Sarsfield, Estudiantes, Godoy Cruz, Lanús e River Plate – caso não dispute a Promoción -, já estão classificados à Copa Sul-Americana, além de Independiente – que foi o último campeão do torneio -, então sobra uma vaga. Esta disputada por Arsenal – único que depende apenas de si -, Argentinos Juniors, Racing, boca Juniors e All Boys. No entanto, se o River Plate jogar a Promoción, logo, outra vaga se abrirá.

Portanto, emoções não faltarão a esta 19ª fecha, que pela primeira vez na história dos promédios terá todas as vagas do descenso aberta.

Sábado (18)
15h Independiente x Huracán
15h Gimnasia y Esgrima x Boca Juniors (Esporte Interativo)
15h Quilmes x Olimpo
15h River Plate x Lanús (Esporte Interativo)
15h Argentinos Juniors x Tigre
20h10 Godoy Cruz x All Boys

Domingo (19)
14h Arsenal x Estudiantes
15h Newell’s Old Boys x Colón
17h10 Banfield x San Lorenzo
19h30 Vélez Sarsfield x Racing (Esporte Interativo)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última