Publicidade

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012 Lionel Messi, No Exterior, Reflexão | 22:28

Mais uma Bola de Ouro para coleção de Messi

Compartilhe: Twitter

Messi pela terceira vez seguida é eleito o Melhor do Ano pela Fifa. Mas isso não é nada.

Classificar Lionel Messi como um jogador a frente do seu tempo parece óbvio, mas inevitável. O argentino conquistou, nesta segunda-feira, mais um triplete na carreira, desta vez, ao ganhar pela terceira vez consecutiva a Bola de Ouro da Fifa – 2009, 2010 e 2011 – e ratificou seu nome na história.

Ainda assim muitos o desmerecerão. Alguns, pelo simples fato dele ser argentino, outros por não ser brasileiro, diga-se, este é um fardo que muitos carregam. Afinal, os que vivem do futebol além-fronteira precisam aprender muito conosco, não é verdade?

Em terras tupiniquins, por exemplo, temos craques sensacionais do quilate de Neymar e Ganso, que ganharam tudo que disputaram com louvor, nunca amarelaram quando colocados em check e melhor: são super humildes. Enfim, tendo tais estrelas para quê este tal de Messi, né?

Imagino que, muitos enquanto leem este texto devem estar pensando: “Mas ele não é melhor do que Pelé”. E antes que vocês, que se questionam sobre tal coisa, fiquem preocupados, gostaria de avisar que não tenho a pretensão de compará-lo a Dios, tampouco ao Rei. Afinal, ele não marcou mais de mil gols ou venceu uma Copa sozinho. E se um dia ainda o fizer, não será melhor do que tais, pois já está incrustado no imaginário coletivo quem são os melhores. Quiçá, Lio pagará o preço de muitos o terem visto jogar.

Aos 24 anos, no alto dos seus 1,69 cm não sabe marcar gols de cabeça e só sabe chutar com o pé esquerdo. Logo, subentende-se que gols não são seu forte: na temporada 2011 foram 58 gols em 68 partidas. Ao menos, assistências ele sabe fazer, ao todo, foram 28. Uma ilusão, diria.

Na sua ainda curta carreira foram cerca de 20 títulos oficiais por equipes, sendo só dois com a Seleção da Argentina, um Sub 20 e um mísero título Olímpico. Este que qualquer jogador brasileiro tem no currículo. Os torcedores então estão cansados de comemorarem. Talvez por isso tanto desdém.

Esta foi apenas a terceira Bola de Ouro da Fifa, que ele ganhou. Ademais, já conquistou prêmio como Melhor Jogador da Europa, Chuteira de Ouro da Uefa, Maior goleador da história da Supercopa da Espanha, Patrimônio Esportivo da Humanidade, dentre outros, que qualquer jogador já conquistou. Contudo, este garoto ainda tem que comer muito feijão com arroz para se tornar um Messi.

Autor: Tags: , , , , , ,

4 comentários | Comentar

  1. 24 Raulinson josé 12/01/2012 15:39

    Marcelo,você disse quase tudo aquilo que eu já venho dizendo há alguns anos sobre Messi, também acho que ele já mostrou ao mundo do que é capaz como jogador e se parasse hoje, já entraria para a História como um dos grandes, sem dúvida.

    Vencer uma Copa com a seleção argentina só será possível se ele tiver um time que o ajude em todos os setores,não só no ataque ou na defesa,por exemplo.

    Penso que Sabella não está à altura de Messi, assim como está Guardiola, que o tirou acertadamente do lado direito do campo, onde ele muitas vezes ficava preso por 3 ou mais jogadores, tendo que percorrer um longo caminho até o gol, e fez como que ele atuasse pelo meio e pela direita e até pela esquerda com menos frequência.

    Vejo em Guardiola um sintonia perfeita com Messi e com o resto do elenco,ele é um facilitador,é alguém que enxerga o futebol com coerência e que jamais escalaria Zabaleta,Clement,Mascherano,Brana,Guinhazu e Sosa juntos para atuarem ao lado de Messi.

    Pelé teve Rivelino,Tostão,Gérson,Jairzinho e outros ao seu lado para ser campeão mundial e isso fez toda a diferença.

    Torres foi campeão mundial pela Espanha em 2010, será que ele já pode ser comparado a Pelé ou Maradona?

    Messi precisa, neste momento, de alguém lúcido como Bianchi,com entendimento e experiência necessários para conduzir nossa seleção ao sucesso.

    Um abraço,Marcelo!!!

  2. 23 ronaldo alves bento 10/01/2012 19:15

    Realmente é indiscutível a qualidade de Messi, mas agora mudando de assunto marcelo o que vc tá achando das possíveis chegadas de Ledesma e Santiago Silva ao Boca.

    • Marcelo Montanini 13/01/2012 20:58

      O Boca tem um bom conjunto, no entanto, precisa de reforçar setores carentes. Acho que Ledesma e Tanque são bons reforços para as respectivas posições. Sobretudo, se estiverem bem. Aliás, Tanque é uma ótimo referência para o ataque.

  3. 22 Roberto Junior 10/01/2012 9:38

    Messi, indicustível. Abraço!

    • Marcelo Montanini 10/01/2012 16:18

      Roberto, também o acho indiscutível. Mas conheço gente que não pensa assim.
      Abraço.

  4. 21 Matias LC 10/01/2012 3:58

    É isso ai Marcelo , também concordo com as tuas colocações. E no Brasil tem que parar com essa coisa que só no Brasil tem craque , tem que sair desse mundinho fechado . Sou fã desse cara dentro e fora de campo , nunca vi a noticia de que houve um tiro no carro dele , não usa cabelinho para chamar atenção . E é um cara muito humilde e joga coletivo . E tenho a honra de ver esse tal de MESSI jogar no meu time , acompanho o futebol dele desde que subiu de la masia !!!!! Abraço e parabéns pelo ótimo blog !!!!!

    • Marcelo Montanini 10/01/2012 16:16

      Obrigado, Matias.
      Fique a vontade para sugerir e criticar, sempre que achar necessário.
      Volte sempre.
      Abraço.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.