Publicidade

quarta-feira, 22 de junho de 2011 B Nacional, Clausura, Promoción | 23:52

Pobres Millionários

Compartilhe: Twitter

Que o River Plate está entregue ao descaso é notório. Presidente que não acompanha aos jogos, técnico que não tem respaldo e jogadores que não entram em campo, enfim, nem precisava de mais para dizer que está equipe está fadada ao fracasso. Não precisava, mas ocorreu. Após segundo gol do Belgrano, torcedores millionários invadiram o campo para protestar conta a equipe.

Torcedores invadiram o estádio, um deles empurrou Adalberto Román.

Em momento algum, o Belgrano apresentou um futebol maravilhoso, mas soube explorar a velocidade e jogar nos erros do adversário, e não foram poucos. A partida seguia equilibrada até, aos 25 do primeiro tempo, Mansanelli abrir o placar, de pênalti, após Román colocar a mão na bola, infantilmente. Depois disso, cada jogador do River foi jogar uma partida diferente.

Na volta para segunda etapa, logo aos quatro minutos, Pereyra ampliou, após cobrança de escanteio. E na sequência, o hiato que faltava ao River, mas não ao futebol. Torcedores invadiram o gramado para protestar e depois tentaram quebrar o alambrado. Atônitos, os atletas apenas olhavam. E, ironicamente, voltaram melhor após a pausa de 20 minutos. Tensos, diria. Seria este o deprimente empurram que lhes faltavam?

Voltaram melhores, mão não o suficiente para descontar. Na partida de volta, domingo, no Monumental, os Millionários necessitam devolver os 2 a 0, no mínimo, pois joga por dois resultados iguais. Entretanto, não contará com Román, Almeyda e Ferrari, ambos suspensos pelo quinto amarelo. No entanto, cada jogo que se passa a B Nacional se avizinha. Pobres Millionários.

Veja os gols da partida:

Autor: Tags: , , , , ,

2 comentários | Comentar

  1. 22 Marcelo Montanini 24/06/2011 19:24

    Infelizmente, não acredito que o River consiga se salvar do descenso. A equipe está muito entregue ao descaso, não mostra reação alguma.
    Abraço!

  2. 21 Raulinson josé 23/06/2011 20:53

    A situação do River ficou mais difícil e arriscada.Acho perigoso sair para cima do adversário como o River vai ter que fazer e consequentemente deixar espaços para o adversário aproveitar.O momento psicológico dessa equipe inviabilizará qualquer planejamento tático e isso poderá custar caro demais.Certamente o River não terá a calma que o Barcelona apresenta mesmo quando está em desvantagem no placar.Não falo da qualidade técnica das equipes,não há possibilidade nenhuma de comparação,mas da desorganização que a equipe tem apresentado nos últimos jogos.Talvez o River precise passar pela mesma situação que passou o Fluminense há alguns anos e ser rebaixado para voltar a ser grande dentro de campo.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.