Publicidade

segunda-feira, 20 de junho de 2011 Balanço, Clausura | 23:16

Balanço: Números do Clausura

Compartilhe: Twitter

Com este post inicio um breve balanço do Clausura, vide que a Copa América se avizinha. Abaixo, seguem alguns números – como gols, resultados, cartões, pênaltis, entre outros – do certame.

Gols

Média de gols do torneio foi de 2,48 por partidas (472 gols)

Bola rolando: 332
De cabeça: 89
Falta: 13
Pênalti: 27
Contra 11

Javier Cámpora (Huracán) 11 gols
Teófilo Gutiérrez (Racing) 11 gols
Denis Stracqualursi (Tigre) 10
Esteban Fuertes (Colón) 9
Mauro Obolo (Arsenal) 9

Fecha 4, com média de 3,3 gols por jogo
Fecha 12, média de 3,0.
Fecha 14, média 2,8.
Fecha 1, 8, 10 e 11, média de 2,6.

Resultados

Resultados que mais se repetiram…

1 x 0: 35 vezes.
2 x 0 e 2 x 1: 30 vezes, cada.
1 x 1: 24 vezes.
0 x 0: 17.

Vitórias das equipes da casa: 67
Vitórias dos visitantes: 65
Empates: 58

Equipes que mais venceram…

Vélez Sarsfield: 12 vitórias
Lanús: 10
Godoy Cruz: 10
Olimpo: 8
Argentinos Juniors: 7
Independiente: 7
Boca Juniors: 7
Banfield: 7
All Boys: 7
Racing: 7  

Equipes que mais perderam…
 
Huracán: 11 derrotas
Newell’s Old Boys: 11
Colón: 10
Racing: 10
Quilmes: 9
 
Equipes que mais empataram…

Argentinos Juniors: 9 empates
Gimnasia y Esgrima: 9
Independiente: 8
River Plate: 8
San Lorenzo: 8

Cartões

Média de cartões amarelos foi de 4,69 por partida (892 cartões amarelos)
Média de cartões vermelhos foi de 0,33 por partida (63 cartões vermelhos)

Carlos Soto (All Boys) 7 amarelos e 1 vermelho
Rodrigo Braña (Estudiantes) 7 amarelos e 1 vermelho
Pablo Garnier (Quilmes) 7 amarelos e 1 vermelho
Hugo Barrientos (All Boys) 7 amarelos e 1 vermelho
Leandro Somoza (Boca Juniors) 8 amarelos
Marcos Brítez Ojeda (Huracán) 8 amarelos
Fabián Rinaudo (Gimnasia y Esgrima de La Plata) 8 amarelos
Matías Cahais (Racing) 8 amarelos
Sebastián Prediger (Colón) 8 amarelos
Carlos Matheu (Independiente) 6 amarelos e 1 vermelho

All Boys: 7 expulsões
Argentinos Juniors: 5
Newell’s Old Boys: 5
Banfield: 4
Colón: 4
Huracán: 4
Quilmes: 4
Racing: 4

Árbitros

Árbitros que mais partidas apitaram:

Pablo Lunati 18
Sergio Pezzotta 18
Patricio Loustau 17
Gabriel Favale 16
Néstor Pittana 15

Árbitros que mais marcaram pênaltis:

Héctor Baldassi 5
Patrício Loustau 5
Diego Abal 3
Germán Delfino 3
Juan Pablo Pompei 3

Árbitros que mais expulsou:

Patrício Loustau 9
Saúl Laverni 6
Juan Pablo Pompei 6
Diego Abal 5
Germán Delfino 5
Pablo Lunati 5

Posições

Posições como local:

1o Vélez Sarsfield 80% de aproveitamento
2o Lanús 70% de aproveitamento
3º Independiente 53,33%
4º Arsenal 59,26%
5º Godoy Cruz 59,26%

Posições como visitante:

1º Olimpo 70,37%
2º Argentinos Juniors 66,67%
3º Godoy Cruz 60%
4º Vélez Sarsfield 55,56%
5º Estudiantes 55,56%

Levando em conta apenas o 1º tempo:

1º Arsenal 61,40%
2º Vélez Sarsfield 59,65%
3º Independiente 52,63%
4º Racing 50,88%
5º Banfield 49,12%

Levando em conta apenas o 2º tempo:

1º Vélez Sarsfield 63,16%
2º San Lorenzo 61,40%
3o Argentinos Juniors 56,14%
4o Olimpo 52,63%
5º Boca Juniors 52,63%

Pênaltis

Ao todo foram 31.

A favor

Huracán 4 (3 convertidos e 1 desperdiçado)
Vélez Sarsfield 4 (todos convertidos)
Estudiantes 3 (2 convertidos e 1 desperdiçados)
Olimpo 3 (todos convertidos)
Tigre 2 (todos convertidos)
All Boys (todos convertidos)
Gimnasia y Esgrima 2 (todos convertidos)
Godoy Cruz 2 (todos convertidos)
River Plate 2 (todos convertidos)

Contra

Huracán 4 (sofreu todos)
Vélez Sarsfield 3 (sofreu todos)
Newell’s Old Boys 3 (1 sofrido e 2 defendidos)
Independiente 3 (sofreu todos)
Gimnasia y Esgrima 3 (sofreu todos)

Autor: Tags: , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.